paulodetarso

A licitação para manutenção dos prédios da Assembleia Legislativa, TV Assembleia, Teatro da Assembleia, Clínicas e outros, já tem vencedor: foi a empresa M.B.INCORPORADORA E CONSTRUTORA LTDA (CNPJ 18.659.208/0001-82), sediada na cidade de Pedro II e que tem como sócio-diretor o primo do ex-governador Zé Filho, o empresário Paulo de Tarso Mendonça de Mores Sousa, que também é membro da FIEPI, ele é um dos vice-diretores.

Paulo de Tarso chegou a ser nomeado para ser diretor-financeiro do DER-PI, assim que Zé Filho assumiu o governo em abril de 2014.

Na ALEPI, a M.B. Incorporadora ficará responsável pela pintura, conservação, manutenção elétrica e hidráulica dos prédios. Além dos serviços, fornecerá mão de obra.

O pregão eletrônico foi arrematado pela M. B. Incorporadora por R$ 11.839.000,00.  A  ALEPI não é obrigada a usar o teto previsto na licitação.

OS SALÁRIOS DA MÃO-DE-OBRA – Pela tabela da ALEPI que consta no edital, o valor estimado para ser gasto (salário e custo da folha) com um pedreiro, bombeiro hidráulico, mestre de obras e eletricista é, em média, de R$ 3.120,00 para cada um, sendo que a ALEPI pode requisitar até dez profissionais de cada categoria. Ao todo, o teto com mão-de-obra é de R$ 1,8 milhão. Os demais R$ 10 milhões são com os serviços de manutenção a serem executados.