maosantavaldeci

O presidente do Serviço Social do Comércio, Valdeci Cavalcante, está esperando que o prefeito de Parnaíba, Mão Santa, agilize o pagamento de R$ 600 mil dos repasses atrasados do restaurante popular da cidade.

Em uma parceria com o município, o Sesc ficou responsável pelos alimentos e manutenção do local. Em troca, a Prefeitura de Parnaíba repassaria algo em torno de R$ 90 mil a R$ 100 mil todos os meses.

Porém, a gestão do prefeito Florentino Neto (PT) teria ficado o segundo semestre inteiro de 2016 sem fazer os repasses. Agora, o Sesc cobra a dívida. Por outro lado, passados quatro meses, a Prefeitura não fez os pagamentos.