wdiaslula

Ao lado de companheiros réus e investigados (Lindbergh Farias, Gleisi Hoffmann e Humberto Costa) na Operação Lava Jato, o governador Wellington Dias se mandou para Curitiba para dar um abraço no companheiro Lula.  Ele participou da vigília na noite de véspera do depoimento de Lula ao juiz Sérgio Moro.

A defesa de Lula tem tentado de todas as formas jurídicas adiar o depoimento.

Sobre a ausência do governador, sua assessoria garante que foi uma viagem particular.

Enquanto isso, no Piauí, a agenda oficial não informa nada deste terça-feira(09).

“São milhões de brasileiros e brasileiras que acreditam na trajetória do nosso presidente. A luta pela democracia continua!”, escreveu Wellington Dias em seu twitter.