Antes de deixar o cargo, o ex-secretário de Saúde do Piauí , Francisco Costa, assinou o contrato para a construção da nova maternidade de Teresina, valor de quase R$ 84 milhões .

O governo já teria R$ 40 milhões assegurados . 

Extrato do contrato :

EXTRATO CONTRATO N.º 65/2017

RDC PRESENCIAL N.º 01/2017 – CEL/SESAPI

PROCESSO ADMINISTRATIVO: Nº AA.900.1.002323/16-90.

OBJETO: CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA PARA EXECUÇÃO DA OBRA DE CONSTRUÇÃO HOSPITALAR DO COMPLEXO MATERNO – MATERNIDADE DE REFERÊNCIA ESTADUAL, EM DUAS FASES, INCLUINDO A ELABORAÇÃO DE PROJETOS BÁSICO E EXECUTIVO DE ARQUITETURA E ENGENHARIA, PLANOS E PROGRAMAS AMBIENTAIS.

CONTRATANTE: SECRETARIA DE SAÚDE DO ESTADO DO PIAUÍ. CONTRATADA: CONSÓRCIO HOSPITAL TERESINA/ COMTERMÍCA/SAHLIAH.

VALOR GLOBAL: R$ 83.889.583,73 (OITOCENTOS E OITENTA E TRÊS MILHÕES, OITOCENTOS E OITENTA E NOVE MIL, QUINHENTOS E OITENTA E TRÊS REAIS E SETENTA E TRÊS CENTAVOS).

FONTE DE RECURSO: 110 – CONVÊNIO 765553/11 E 100 – TESOURO ESTADUAL.

DATA DAASSINATURA: 02/05/2017

SIGNATÁRIO PELA CONTRATANTE: FRANCISCO DE ASSIS DE OLIVEIRACOSTA.

SIGNATÁRIOS PELA CONTRATADA: ALEXANDRE JOSÉ MOUSINHO MOREIRAE ABIDIAS PEREIRA JUNIOR.

TERESINA, 10 DE MAIO DE 2017.