Filho de W. Dias e Rejane é condenado na “imoralidade” da viagem de luxo

casaldisviniciusaviao

R$ 17.267 DO BOLSO DOS PIAUIENSES – O juiz da 1ª Vara dos Feitos da Fazenda Pública de Teresina, João Gabriel Furtado Baptista, considerou “ilegais e imorais” o uso de avião e dinheiro público do bolso dos piauienses para bancar avião e hospedagem de luxo para o filho do governador Wellington Dias, o médico Vinícius Ribeiro Dias e sua esposa, no hotel Bobz Boutique Resort entre os dias 01/05/2015 e 03/05/2015. A decisão foi assinada no dia 1º de outubro deste ano numa ação popular movida pelo advogado José Ribamar Coelho Filho de Campo Maior.

Vinícius Dias e o diretor de Segurança do Gabinete Militar na época, Major Francisco José de Almeida Viana, foram condenados a devolver aos cofres públicos R$ 17,26 mil atualizados. Vinícius ainda foi condenado ao pagamento das custas do processo em 10% e honorários advocatícios.  O advogado dos réus é Germano Tavares.

CONSULTA PÚBLICA DO PROCESSO

Como cabe recurso da decisão, a defesa de Vinícius Dias já impetrou Agravo de Instrumento que foi distribuído para o desembargador Raimundo Nonato da Costa Alencar . ACOMPANHE AQUI O PROCESSO NA 2ª INSTÂNCIA

CASO FICOU DESCONHECIDO ATÉ NO TRIBUNAL DE CONTAS – O escândalo envolvendo o uso de dinheiro e avião alugado pelo Estado do Piauí para levar o filho do governador e família para o litoral só foi revelado sete meses depois. Até o Tribunal de Contas não teve acesso à documentação. Os documento que foram divulgados na imprensa não fizeram parte da prestação de contas do Gabinete Militar no ano de 2015.

Na imprensa, poucos meios de comunicação tiveram coragem de divulgar o caso.

LEIA AQUI A MATÉRIA SOBRE O CASO (PORTAL OITOMEIA):

Filho de Wellington Dias, aluguel de jatinho e hospedagem no ‘Manati’

 

TRECHOS DA DECISÃO DO DR. JOÃO GABRIEL:

“Locação de aeronave a jato com saída de Teresina em 01/05/2015 e retorno em 03/05/2015 e o MEMORANDO 272/2015, que autorizou o pagamento de hospedagem do filho do governador do Estado, Sr. Vinícius Dias e esposa, no hotel Bobz Boutique Resort, por se mostrarem ilegais e imorais.

Via de consequência, CONDENO Francisco José de Almeida e Vinícius Ribeiro Dias, segundo  e terceiro requeridos, respectivamente, solidariamente, a devolver aos cofres públicos do Estado do Piauí os valores relativos às despesas com contratação de Táxi Aéreo e hospedagem constantes dos documentos falados, no montante de R$ 17.267, devidamente corrigidos e com juros”. 

 

 

5 comentários

  1. Imoralidade é praticada por toda família de Wellington Dias.Os bestas trabalham para enriquecer os outros

    Curtir

  2. Me impressiona como nossos governantes entendem que aquilo que dirigem lhes pertence. Lula morou alguns anos no Palácio da Alvorada e quando saiu levou o que lhes pertencia em 14 carretas. A pergunta é simples: o que foi que ele juntou mesmo? Morando numa casa que não lhe pertencia e que tudo quanto entrava era pago pela nação. Wellington Dias recebe aluguel pago pelo Estado de sua própria casa. O argumento é: quem mora não é o Wellington Dias mas o governador. O filho pode passear com a companheira que o Estado paga. O governador pode ir ao Canadá a uma festa de aniversário que o Estado paga. Cruel.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s