wdiascironbolcruzoe

W.DIAS E O SENADOR INVESTIGADO –  A coluna Radar, da Revista Veja, traz a informação de que a Procuradora Geral da República, Raquel Dodge enviou ao Supremo uma nova denúncia contra o presidente do PP, senador piauiense Ciro Nogueira.

A Procuradoria da República o acusa de tentar comprar o silêncio de uma testemunha.

Tanto ele quanto o deputado federal Dudu da Fonte foram alvos de uma operação no fim de abril. Na casa de Ciro Nogueira foram encontrados ainda R$ 200 mil em espécia e uma arma.

Segundo a nota da RADAR, “os procuradores descobriram que a dupla vinha fazendo ofertas e pressionando um ex-assessor de Nogueira para tentar dissuadi-lo de contar à Lava-Jato os podres das excelências.”. O nome do assessor é José Expedito de Almeida.

A denúncia foi apresentada na segunda-feira(18). Pouca informação há no momento, já que segue em sigilo. Ainda não dá pra se listar os possíveis crimes apontados na peça.

O mais provável, no entanto, é que Raquel Dodge tenha sustentado que há provas de obstrução de Justiça.

CONFIRA A NOTA na Coluna Radar, da REVISTA VEJA.