20180805_150317748175305.png

POLÍCIA FEDERAL PRENDEU MAIS DE 20 – A ex-secretária de educação, deputada Rejane Dias, preferiu cair fora das perguntas sobre as prisões e investigação da Polícia Federal que apura um rombo de mais de R$ 130 milhões nos recursos da Educação durante o Governo Wellington Dias.

Durante a convenção do PT, Rejane achou que a imprensa só ia fazer o de sempre: falar sobre eleição. O que boa parte da imprensa tem feito sobre o escândalo da SEDUC é só isso mesmo.

Ao ser questionada sobre o assunto pelo Portal Política Dinâmica, Rejane Dias, disse que não tinha nada pra falar com o repórter Marcos Melo.

Da mesma forma agiu o atual secretário Hélder Jacobina,  que sempre foi o homem forte de Rejane na SEDUC . Seu escritório de advocacia e do secretário de Justiça, Daniel Oliveira, é quem ajuda nas defesas da primeira-dama nas denúncias que tramitam no Tribunal de Contas do Estado.

Helder Jacobina se mandou assim que foi perguntado sobre a Operação Topique.

CONFIRA TUDO NO POLÍTICA DINÂMICA

Vídeo do POLÍTICA DINÂMICA: