wdiasassisfortes

DÉBITOS SERIAM DA GESTÃO DE ZÉ FILHO –  O Tribunal de Contas do Estado vai decidir na próxima quinta-feira(09) sobre na consulta feita pelo Palácio de Karnak sobre a possibilidade de retar pagamento de empresas que não estariam com as certidões de regularidade fiscal em dia.

No caso em questão, o TCE analisa a situação da empresa Servi-San, do empresário Assis Fortes (foto acima), que aguarda pagamentos do mês de novembro de 2014, época em que o governador era Zé Filho (MDB).

Wellington Dias sempre se manifestou insatisfeito com esse débitos atrasados da Servi-San, que ele considera que eram de Zé Filho. RELEMBRE AQUI

A consulta foi apresentada em maio deste ano, já se passaram quase quatro meses sem uma decisão do TCE. Foi apresentada sem parecer da Procuradoria Geral do Estado, mesmo sendo obrigatório, o que fez a gestão do governador Wellington Dias ganhar mais tempo. Depois foi apresentado parecer da PGE opinando pela possibilidade de serem realizados os pagamentos, já que a situação de irregularidade fiscal seria posterior à assinatura do contrato e da realização dos serviços.

O relatório da auditoria do TCE, bem como o parecer do Ministério Público de Contas é no sentido de que o Estado não pode reter esses pagamentos.

MAIS DETALHES E DOCUMENTOS DA CONSULTA AQUI