LICITAÇÃO SUSPEITA – O deputado federal Assis Carvalho (PT) foi condenado por improbidade administrativa, na terça-feira (18), pelo juiz federal Francisco Hélio Camelo, à perda dos direitos políticos.

Assis é acusado de “fabricar” licitação quando era gestor da Secretaria Estadual de Saúde (Sesapi). Esta é a segunda condenação imposta ao deputado pela Justiça Federal.

Nessa nova decisão da Justiça Federal, o juiz Francisco Hélio Camelo entendeu que o petista teria aplicado “irregularmente” R$ 40 mil de um convênio assinado com a Prefeitura de União, em 2009, época em que Assis Carvalho foi secretário estadual de Saúde.

Mais informações e a decisão condenando o petista podem ser conferidas em matéria do PORTAL AZ.