FOI PEDIR R$ 50 MIL PRA CAMPANHA – Ao saber de mais uma operação da Polícia Federal na casa do senador Ciro Nogueira (PP-PI), o deputado estadual Aderbal Caldas (PP-BA) lembrou que nas eleições de 2014 teve ajuda negada pelo senador .

Agora, o deputado baiano diz que dá “graças a Deus”, pois essas doações de 2014 são objeto de investigação na Operação Lava Jato.

Pelo menos é o que informa o colunista do jornal A TARDE, Levi Vasconcelos.

CONFIRA A NOTA :

Grato pela ajuda negada

Vendo agora o senador Ciro Nogueira (PI), presidente nacional do seu partido, o PP, todo enroscado com a Lava Jato, o deputado Aderbal Caldas diz que em 2014 chegou a pedir a ele uma ajuda de R$ 50 mil para a campanha, prontamente negada:

– Eu pedi a ajuda, mas agradeço muito a Deus por ele não ter me ajudado.

Semana passada a PF fez buscas na casa do senador, e Aderbal acha que, se a ajuda viesse, poderia estar no bolo.