SEDUC-PI deve R$ 100 mil pelas propagandas das matrículas escolares

COBRADORES NA PORTA – As aulas da rede estadual de ensino do Piauí nunca começaram efetivamente. Apesar do governador do Piauí ter suspendido as aulas por conta da pandemia do Coronavírus, os professores estaduais já estavam em greve desde o início do mês de fevereiro.

Agora, a campanha que divulgou o início das matrículas na rede pública estadual custará R$ 100 mil aos cofres públicos.

A agência Made Propaganda que fez a campanha está aguardando os pagamentos atrasados.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s