W.Dias é alvo de piadas após governo torrar muita grana com a Folha de São Paulo

ANÚNCIO NA TABELA É DE R$ 288 MIL – Ninguém segura as proezas da gestão do governo Wellington Dias. Contando com a impunidade e a omissão do Ministério Público e do Tribunal de Contas, a Comunicação do Governo do Piauí pagou uma página inteira no Caderno Estúdio Folha de domingo (12) no jornal impresso Folha de São Paulo. O anúncio foi para promover o governo do Piauí num espaço publicitário divulgando uma matéria cara e pouco útil para os piauienses que foram obrigados a ficar em casa, como risco de perderem seus empregos por conta dos riscos da pandemia do coronavírus.

Em plena crise provocada pelo coronavírus, cortes de gastos, alunos sem aulas, profissionais de saúde sem horas extras e sem equipamentos, o governo do Piauí se dá ao luxo de pagar uma página publicitária na Folha de São Paulo. Analisando a tabela de valores, estima-se que os gastos para uma página dessas no caderno Estúdio Folha sejam de R$ 288.600,00 mil. CONFIRA A TABELA DA FOLHA (PÁGINA 20)

Nas redes sociais, o governador Wellington Dias foi alvo memes e protestos que estimaram os gastos na ordem de R$ 415.272 e que esse dinheiro deveria ir para ajudar no combate à pandemia. A Coordenadoria de Comunicação com certeza não terá coragem de mostrar essa fatura, a não ser que seja cobrada pelo Ministério Público Federal, tendo em vista que o dinheiro do anúncio poderia, sim, contribuir para ajudar o Sistema Único de Saúde no tratamento de pacientes.

O anúncio publicitário que foi lido por poucos piauienses foi bom mesmo para o caixa do jornal Folha de São Paulo, que vive uma crise por causa da briga com o governo Bolsonaro, mas vai ganhar essa ajuda financeira da gestão petista piauiense. O governo do Amazonas, que também está enfrentando sérios problemas para atender pacientes vítimas do coronavírus fez esse tipo de anúncio nos últimos dias. Equanto isso, aquele estado não tem UTI suficiente para atender os pacientes, a exemplo do interior piauiense, onde a maioria dos pacientes precisam ser transportados para a capital Teresina.

Mas, quem estiver interessado em consultar o Portal da Transparência do Piauí para verificar esses pagamentos com publicidade não adianta perder tempo, essa transparência não existirá. O dinheiro será pago para umas das agências publicitárias contratadas pelo governo que repassará o dinheiro para a Folha de São Paulo.

Se a Coordenadoria de Comunicação do Governo quiser mostrar a Nota Fiscal ou orçamento do anúncio (sem planilha amadora do Word) pode enviar o documento público para o e-mail codigodopoder@gmail.com. O que se sabe é que de graça não foi, o que não se sabe é o valor real e quantos equipamentos poderiam ser comprados para salvar vidas. Se o Ministério Público ou o Tribunal de Contas não souberem frear as peripécias logo no início do período emergencial é aguardar até quando o Piauí vai aguentar pagar despesas desnecessárias e duvidosas.

MATÉRIAS FORAM PUBLICADAS NO SITE DA FOLHA:

PIAUÍ ADOTA MEDIDAS PARA REDUZIR IMPACTO DA COVID-19 NA ECONOMIA

VERBA DA MERENDA ESCOLAR PODE AJUDAR FAMÍLIAS DE ESTUDANTES

RESTAURANTE POPULAR DISTRIBUI QUENTINHAS CONTRA AGLOMERAÇÃO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s