30 respiradores do PI: Empresários soltos, mas dinheiro não foi devolvido

FIASCO DO CONSÓRCIO NORDESTE – As três pessoas presas durante a Operação Ragnarok, realizada pela Polícia Civil da Bahia, foram soltas na noite de sexta-feira (05). A ação policial se dá contra a empresa Hempcare, que vendeu e não entregou respiradores ao Consórcio do Nordeste. O Piauí teve um prejuízo de R$ 4,8 milhões na negociação para receber 30 respiradores.

Após ser divulgado que a empresária Cristiana Prestes já tinha informado na imprensa que negociou tudo com o secretário da Casa Civil do governo baiano, Bruno Dauster, ele pediu exoneração do cargo. Bruno Dauster que é petista histórico na Bahia, alegou motivos pessoais para deixar o cargo.

Mesmo em liberdade, até agora o dinheiro da operação ainda não foi devolvido. Ao todo, a compra efetivada pelo governador da Bahia, Rui Costa (foto com Wellington Dias), totalizou R$ 49 milhões e deveriam ser fornecidos pela empresa 300 respiradores para os nove estados nordestinos.

CONFIRA MAIS NO VÍDEO DA TV BAHIA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s