METRÓPOLES: prisão de Arimateia Azevedo e vítima do erro médico no governo do DF

MULHER QUE PROCESSOU MÉDICO NÃO QUIS FALAR – O Portal Metrópoles, através do blog Grande Angular, informou neste sábado(13) que a prisão do jornalista piauiense Arimatéia Azevedo, dono do Portal AZ, na sexta-feira (12/06), “teve como start um erro médico praticado contra Emanuela Dourado Rebelo Ferraz (foto na matéria original).

O Metrópoles também confirmou que no mesmo dia da prisãode Arimateia Azevedo, Emanuela, que é mulher do presidente do Instituto de Previdência dos Servidores do DF (Iprev), Ney Ferraz, foi nomeada vice-presidente do Instituto de Gestão Estratégica do DF (Iges-DF).

Ano passado, Emanuela ocupava cargo na Secretaria de Governo, nomeada por Wellington Dias. Seu esposo, Ney Ferraz, já foi gerente executivo do INSS no Piauí.

“Em novembro de 2019, Emanuela processou o médico, com ação que tramitou na 10ª Vara Cível de Brasília. Após negociação, em janeiro deste ano, Emanuela e o médico entraram em acordo e o processo foi arquivado.”, diz um trecho da matéria.

CONFIRA AQUI A MATÉRIA COMPLETA NO PORTAL METRÓPOLES.

2 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s