PF quer notas fiscais da Trevo Locadora em investigação contra Ciro Nogueira

EMPRESA DE JÚLIO ARCOVERDE – A Polícia Federal solicitou acesso a notas fiscais que constam em um inquérito que investigou supostos crimes de lavagens de dinheiro praticados pelo senador Ciro Nogueira e pela deputada federal Iracema Portela.

O inquérito está arquivado desde o ano passado.

Devido ao arquivamento, o ministro-relator, Dias Tiffoli, soliciticou manifestação por parte da Procuradoria Geral da República.

As notas fiscais são da empresa que o deputado estadual Júlio Arcoverde (Progressistas) é sócio, a Trevo Locadora.

Ciro Nogueira e Iracema reliazaram pagamentos da verba parlamentar para a empresa.

Agora, a PF acredita que encontrou fatos novos e conexos aos descritos no inquérito arquivado no STF.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s